Anta de Pavia

Conhecida ora como Anta de Pavia ora como Capela de São Dinis ou de São Dionísio. Tal como o Dólmen-Capela de Alcobertas, é mais um exemplo – há quem o ache o maior – de um templo de pedra, anteriormente um santuário natural, e posteriormente institucionalizado cristão através da sua conversão em capela e como bem se pode ver pela cruz de visibilidade evidente na sua fachada. Situa-se num dos principais largos de Pavia, também ele dedicado ao mesmo santo, curiosamente um que podemos associar à Divindade grega Dionísio, ligada a cultos lúdicos e ao vinho. Terá tido, noutros tempos, que é como quem diz, na sua forma original, uma provável função funerária.

Recentemente, arqueólogos descobriram-lhe um antigo corredor, agora invisível a olho humano, mas que atesta as proporções relativamente grandes deste monumento megalítico. O facto da Anta de Pavia estar enclausurada no meio de um largo apertado e de atributos comerciais tem dificultado escavações arqueológicas mais profundas, e como tal a sua compreensão é hoje limitada por questões de ordem urbana.

Mapa e Coordenadas de GPS: lat=38.894161 ; lon=-8.017283

Comentários

(287 Posts)

Um tipo que não desiste de dar a conhecer aos portugueses um país que eles mal conhecem: Portugal.

Deixar um comentário...