Torre da Paz de Benfeita

Na Benfeita há uma torre com um peculiar ritual. Inicialmente designada Torre Salazar, obviamente aquando da vigência do antigo regime no país, passou depois a apelidar-se Torre da Paz, homenageando o final da II Grande Guerra na Europa, embora os residentes, no seu sentido prático habitual, continuem a chamá-la como sempre a chamaram: Torre do Relógio. A altura é superior à dezena de metros, e ergue-se acima das casas à beira rio por se encontrar numa pequena elevação.

A Torre teve um propósito ímpar: celebrar a capitulação nazi numa guerra tida como bárbara, mesmo comparando-a com outras de igual índole, e que, na verdade, só viria a terminar oficialmente alguns meses depois, quando a rendição do Japão veio a papel. Foi construída no ano do final da II Guerra Mundial, em 1945, numa altura em que o seu fim era já uma realidade e em que a única dúvida estava na data em que tal acontecimento iria acontecer.

De facto, os habitantes de Benfeita foram dos primeiros a tomar conhecimento da vitória dos Aliados, antes ainda de Lisboa o saber. No dia do adeus às armas, um funcionário inglês, sabendo que a aldeia havia construído uma torre que encimava um sino à espera de ser tocado em celebração, telefonou a dar a notícia: a guerra, pelo menos a guerra em território europeu, tinha chegado ao fim, e estava na hora de dar uso à Torre da Paz. Assim se fez. No sino que lá está no topo conseguimos ler-lhe a estreia: “Este sino tocou pela primeira vez a anunciar o fim da guerra da europa em 1945”.

O badalo continua a ter trabalho todos os anos, sempre no mesmo quadrado do calendário, 7 de Maio, data em que os alemães mandaram a toalha ao solo, sonando 1620 vezes nesse dia, correspondendo cada repique a um dia de guerra.

Coordenadas GPS: lat=40.228786 ; lon=-7.943803

Comentários

(287 Posts)

Um tipo que não desiste de dar a conhecer aos portugueses um país que eles mal conhecem: Portugal.

Deixar um comentário...