Ermida da Memória

É sabida a propensão dos cabos do mundo para inventarem milagres que lhes cubram o seu carácter sagrado e pagão com verniz cristão. O Cabo Espichel não é excepção, e, mais uma vez, aqui também há relatos de aparições de uma imagem da Virgem, tal como em muitos outros, sendo provavelmente o mais conhecido o da Nazaré. Conta-se que pescadores vindos das praias da Caparica – mais tarde com nova versão adicionando outros de Alcabideche, alargando a influência aos saloios alfacinhas – avistaram uma imagem de Nossa Senhora sentada numa mula, e que esta trepou e a levou até ao cimo da falésia, onde ficou, edificando-se aí este pequeno monumento poucos metros a Oeste do santuário. Serviu isto como pretexto a que aqui se fizessem círios (as peregrinações da Estremadura) vindos da margem norte e da margem sul do Tejo, embora seja praticamente certo que este ritual já fosse antes feito, com roupagens menos cristãs.

O monumento da Ermida da Memória, esse, data do século XV e é de uma elegância leve e equilibrada, numa arquitectura que popularmente associamos à árabe, de planta quadrada e cúpula em curva e contra-curva, bem recortada no fundo atlântico que se põe a ocidente. O interior contém azulejos com a história e todo o folclore em redor da Ermida.

Coordenadas GPS: lat=38.420864 ; lon=-9.216506

Comentários

(295 Posts)

Um tipo que não desiste de dar a conhecer aos portugueses um país que eles mal conhecem: Portugal.