Azeitonas de Sal

Petisco característico do Algarve, as Azeitonas de Sal vêm do muito esquecido lado serrano desta província, ou seja, da sua parte interior – sobretudo no Sotavento, junto à raia com Espanha, entre Tavira e Alcoutim.

As Azeitonas de Sal são um pequeno aperitivo do que é, a uma escala bem maior, a Dieta Mediterrânea.

Receita das Azeitonas de Sal

Depois de feita a apanha, habitualmente da variedade maçanilha algarvia, e principalmente dando preferência à madura, é preciso pôr as que queremos salgar à parte.

Num cesto ou num vaso de cortiça colocamos, de forma intercalada e juntamente com água, uma folha de figueira e a cobertura de sal logo de seguida, tornando a sobrepôr-se a esta camada nova folha de figueira, e novas azeitonas cobertas de sal. Por aí adiante até que o cesto esteja cheio até cima.

Dado este passo, entramos no período de espera, que é longo: idealmente um mês, no mínimo uma semana. As Azeitonas de Sal são bem simples de preparar, mas a cura é demorada.

Durante este tempo as azeitonas vão secando e enrugando, dando o aspecto com que chegam, depois, à mesa.

Depois do tempo em espera ter passado, podemos então escolher quantas vão servir de aperitivo. Sacamo-las do recipiente e lavamo-las bem em água a escaldar – ficam assim limpas do sal e mais carnudas.

Colocam-se numa tigela de barro e juntam-se azeite (passe a redundância), vinagre e alho. Há quem acrescente salsa e colorau.

Maria de Lourdes Modesto, na bíblia que escreveu acerca da gastronomia portuguesa, diz ainda que devem acompanhar papas de milho ou pão.

Comentários

(301 Posts)

Um tipo que não desiste de dar a conhecer aos portugueses um país que eles mal conhecem: Portugal.